Harmonize um queijo francês com vinho francês

Com minha equipe, acabamos de escrever e divulgar um comunicado sobre harmonizações de queijos e vinhos que fogem da cartilha, para impressionar seus convidados nas festas do final do ano. Quero divulgar com vocês porque achei muito legal e passei muito tempo procurando essas harmonizações que no final são muito pessoais…;-)

É verdade que as comemorações do fim do ano são uma excelente ocasião para os apaixonados por vinhos e gastronomia degustarem um bom rótulo acompanhado por um delicioso queijo francês.

A recomendação para os dias mais quentes, como os nossos, são os vinhos mais leves e refrescantes. Brancos, rosés e espumantes são os mais indicados para nossa estação, pois em sua maioria oferecem maior frescor ao paladar.

Os deliciosos queijos da campanha “Abra Seu Paladar”, realizada pelo CNIEL (Centro Nacional Interprofissional da Economia Leiteira da França) e pela União Europeia, são excelentes opções para harmonizar com os vinhos que saem do lugar comum e têm a cara do verão brasileiro. Cada um deles casa perfeitamente com um espumante, um branco ou um rosé.

80d7b393-12ba-4003-b92d-2bea6e160491
Os queijos brancos de massa mole, tais como o Brie e o Camembert por exemplo, são o acompanhamento perfeito para os espumantes, sobretudo Champagne, seja pelo equilíbrio na acidez, seja pelo enfrentamento do sal moderado do queijo pela efervescência do vinho, mas aceitam parcerias vencedoras com Riesling.

Já o sal dos queijos azuis produzirá grande satisfação ao paladar quando harmonizado com vinhos doces, graças ao contraste do salgado com o doce. O traço de caramelo dos queijos resulta em harmonizações clássicas e deliciosas com vinhos doces.Preparamos uma tabela prática de harmonização entre alguns queijos da campanha e alguns vinhos franceses para acertar na harmonização e reproduzir facilmente em casa. Veja a seguir:

2ac01552-bdc4-47a5-a7bf-6e570de3786f
*Calvados é uma bebida alcóolica destilada originária da Baixa-Normandia, na França, feita à base de maçã, da qual é extraída a sidra, que depois é fermentada e destilada. O Calvados é uma bebida AOC (Appellation d’Origine Contrôlée ou, em português, Denominação de Origem Controlada). Ou seja, só pode receber o nome Calvados a bebida feita em acordo com a legislação francesa e produzida naquela região específica.
Santé!

1 reply »

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s